Maus hábitos que afetam o seu bolso

Como é possível poupar e organizar os gastos de forma saudável para não afetar o seu bolso?

Em tempos nos quais cada centavo faz a diferença, muitos diminuíram gastos com lazer, passaram a fazer compras em atacado a até abriram mão da viagem de férias.

Mas, se você está na missão de economizar dinheiro, alguns comportamentos também precisam mudar, principalmente aqueles maus hábitos que afetam o bolso.

Todo mundo conhece e pelo menos tenta controlar os maus hábitos que afetam o bolso e que influenciam diretamente nas contas, como economizar no consumo de luz e água, por exemplo.

E aqueles outros comportamentos do cotidiano, que muitas vezes nem pensamos em quanto pesam no bolso?

Pesquise planos de telefone e internet

Ter um plano de telefonia móvel e Internet no smartphone é uma facilidade necessária, mas pode acabar saindo caro. Hoje muitas operadoras estão oferecendo pacote de telefone, internet e TV a cabo, o que acaba ficando ainda mais em conta e ajuda a reduzir os gastos mensais.

Evite gastos desnecessários

Comprar apenas porque está se sentindo triste é, um péssimo hábito econômico.

Mesmo os itens baratos, se formos somar tudo ao final do mês acabam pesando. A dica é encontrar atividades que te deem satisfação, tais como sair com amigos, correr no parque ou fazer um piquenique com a família e que não arruínem seu planejamento financeiro.

Mas se mesmo assim você acha que precisa deste item, antes de comprar, é preciso avaliar se é possível comprá-lo por um preço mais em conta em outra loja ou até mesmo pegar emprestado com algum amigo.

Aproveite programas de benefícios

Muitas empresas oferecem premiações aos seus clientes mais fieis através de programas de fidelidade, que podem variar desde descontos até produtos grátis.

Um ótimo exemplo são os programas de milhagem das companhias aéreas.

Planeje suas viagens antecipadamente

As férias não planejadas podem afetar fortemente seu bolso, já que os preços de passagens e os quartos de hotéis em plena temporada ou nos feriados são indiscutivelmente mais caros.

Faça um plano de quanto irá economizar e quando quer viajar. Pesquise tarifas e pacotes em diferentes dias da semana e horários, pois isso pode apresentar uma boa variação de preço.

Não deixe para última hora!

Comer “bobagem” na rua

No dia a dia do trabalho, muitas vezes não dá para evitar comer fora, principalmente no horário do almoço.

Nas outras refeições, como café da manhã e lanche da tarde, entretanto, você consegue economizar levando uma comida de casa e fazendo algo mais saudável para colaborar com a sua saúde.

Peça descontos

Negociar e pedir descontos são práticas antigas e que em muitos lugares são sinônimo de sabedoria.

Ao negociar um produto você pode pedir um desconto ou até mesmo um brinde, mas você precisa saber como encantar o vendedor. Às vezes, é suficiente perguntar por ofertas para pagar menos pelo artigo de que gostou.

Tente pagar sempre a vista

Parcelar as compras pode ser um jeito rápido e fácil para conseguirmos algo que tanto queremos, principalmente se for de valor alto como um carro.Se você tiver a opção de pagar a vista e tiver um desconto razoável para essa opção, deve-se optar por ela.

Na maioria das vezes as compras parceladas “sem juros” possuem as taxas embutidas no valor total por isso as lojas conseguem dar um desconto no pagamento à vista.

Algumas mudanças de hábito podem nos trazer economias, assim como planejar o futuro. Aproveite as oportunidades.

E se você está com alguma pendencia financeira, veja algumas dicas em: http://novisolucoes.com.br/7-dicas-de-como-quitar-sua-dividas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *