Maus hábitos que afetam o seu bolso

O ano que acabou não foi fácil, mas trouxe com ele um ponto que pode ser visto como positivo: voltamos a sentir a necessidade de poupar e de organizar nossa vida financeira. Em tempos nos quais cada centavo faz a diferença, muitas famílias diminuíram gastos com lazer, passaram a fazer compras em atacado a até abriram mão da viagem de férias.

Mas, se você está na missão de economizar dinheiro, precisa mudar também alguns comportamentos, principalmente aqueles hábitos ruins que acabam pesando no seu bolso. Quer saber quais são? Confira neste artigo!

Quais são os maus hábitos que mais afetam o seu bolso?

Todo mundo conhece e pelo menos tenta controlar aqueles maus hábitos que influenciam diretamente nas contas, como economizar no consumo de luz, por exemplo. Mas, e aqueles outros comportamentos do cotidiano, que muitas vezes nem pensamos em quanto pesam no nosso bolso?

Veja alguns deles e perceba como pode estar desperdiçando seu dinheiro:

Fumar

O cigarro não é ruim apenas para a sua saúde, mas também para suas finanças. Uma pesquisa feita por estudantes da Unicesumar descobriu que fumantes gastam até R$ 10 mil por ano em cigarros. Já pensou a diferença que esse dinheiro pode fazer no orçamento? Para ajudar a perceber o que pode estar perdendo ao fumar: uma camisa nova custa 12 maços de cigarro e um carro popular cerca de 4 mil.

Isso sem falar nos gastos em remédios e tratamentos no caso de problemas de saúde causados por esse vício – o cigarro pode ser responsável por mais de 50 doenças, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Beber e dirigir

Pegar o carro depois de beber, mesmo em pequenas quantidades, tem um alto custo. Sem considerar o risco de acidentes fatais ou de danos ao veículo, a multa para quem dirige embriagado passou de R$ 1.915,00 para R$ 2.934,70 no ano passado, um verdadeiro rombo no orçamento. Sai muito mais barato pegar um táxi para poder aproveitar à vontade a diversão.

Desrespeitar outras leis de trânsito

Além de dirigir embriagado, existem muitos outros comportamentos pouco conhecidos ou até bobos que podem gerar multa. Entre eles estão molhar os pedestres na calçada em dia de chuva, buzinar sem a intenção de alertar sobre algum perigo, estacionar na contramão ou jogar lixo pela janela do veículo. Vale a pena dar uma conferida na legislação de trânsito para evitar qualquer multa por motivos que você desconhece.

Não cumprir as regras de condomínio

As multas de condomínio também costumam ter alto valor, calculadas de acordo com o custo do condomínio. Fique atento ao que pode ou não pode em seu prédio, uma vez que as regras variam bastante. Muitas vezes são hábitos que você sequer imagina, como andar de salto alto após às 22h. Normalmente, em caso de infração, é feita advertência e, havendo recorrência, é cobrada a multa.

Comer “bobagem” na rua

No dia a dia do trabalho, muitas vezes não dá para evitar comer fora, principalmente no horário do almoço. Nas outras refeições, como café da manhã e lanche da tarde, entretanto, você consegue economizar uma boa quantia se comer em casa ou levar algo na marmita. Dá para trocar o salgado cheio de gordura por um sanduíche natural preparado por você, que sai muito mais barato e também ajuda a manter a saúde em dia.

Outro comportamento ruim que pode estar levando seu dinheiro embora é o consumo excessivo de café e de refrigerantes. Diminua a quantidade e já vai começar a perceber a economia!

Quais hábitos você vai mudar em 2017?

Com a chegada de um novo ano, fazemos também nossa lista de resoluções, com tudo que queremos mudar: emagrecer, parar de fumar, economizar, trocar de carro, comprar um imóvel. Torne esses desejos tornam-se mais reais entendendo quais hábitos pode mudar em seu dia a dia para que isso efetivamente aconteça. Com certeza alcançar objetivos em 2017 tornará seu ano muito melhor!

Quer entender melhor como ter uma relação mais saudável com o seu dinheiro? Conheça as opções em educação financeira da Novi Soluções Financeiras!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *