Reservar dinheiro para a aposentadoria, ter um investimento para usar em caso de emergências, economizar para a compra da casa…  Todo mundo sabe da importância de guardar dinheiro e muitas pessoas, inclusive, podem até ter a intenção de organizar a vida financeira neste sentido. Mas quantas realmente conseguem ter disciplina para economizar uma parcela do que recebem todos os meses? Segundo uma pesquisa do Banco Mundial, poucas: apenas 28% dos brasileiros pouparam algum valor nos últimos 12 meses.

Se guardar dinheiro para alcançar os objetivos também é difícil para você, conheça neste artigo algumas opções de investimento para indisciplinados financeiramente.

Soluções para investir para quem não tem disciplina

A principal regra para ser disciplinado em relação a investimentos é investir primeiro, gastar depois. Infelizmente, para muitas pessoas, não é tão fácil assim. Por isso, bancos e outras instituições do mercado financeiro oferecem soluções que garantem que essa reserva mensal aconteça. Conheça as principais:

Aplicações automáticas

Os grandes bancos costumam oferecer opções de investimento programado, seja para caderneta de poupança, seja para fundos que administram. Basta fazer o agendamento pelo internet banking, preferencialmente para a data em que recebe seu salário. Por menores que sejam os valores, assim já é possível acumular o suficiente para não ficar no aperto em uma situação indesejada, como o desemprego.

Corretoras de ações também passaram a oferecer a opção de investimento programado recentemente, muitas delas de forma automática. Ou seja, um sistema define qual o melhor rendimento de acordo com o seu perfil. É claro, nesse caso, o importante é sempre acompanhar o desempenho do investimento, nada de aplicar seu dinheiro e esquecê-lo!

Consórcio

Para quem planeja comprar um imóvel ou um carro nos próximos anos, o consórcio é uma excelente forma de investir, mesmo sem disciplina. Esta é uma modalidade de compra programada, em que não há exigência de aporte inicial e em que as parcelas mensais são calculadas de acordo com o valor do bem, sem pesar no orçamento.

Além de não ser necessário juntar uma grande quantia inicial, como acontece no financiamento, no consórcio não há incidência de juros e a carta de crédito mantém seu valor de mercado. Uma ótima opção de investimento em tempos de crise!

Previdência privada

Cada vez mais fica claro que não é suficiente contar com a Previdência Social para uma aposentadoria com independência financeira. Portanto, se não tem disciplina para economizar mensalmente um valor e investi-lo na aplicação de sua preferência, o melhor caminho é fazer um “investimento forçado” e contratar um plano de previdência privada.

Vale lembrar que este é um investimento de longo prazo, portanto, na hora de escolher o plano, é importante optar por aquele que permita mudança para outra aplicação em caso de baixo rendimento.

O importante é começar a investir!

Agora que você conhece algumas soluções para investir mesmo sem ter disciplina, é fundamental ter consciência de que o mais importante neste momento é começar a guardar seu dinheiro. Não se preocupe em encontrar as aplicações mais rentáveis do mercado, possivelmente você ainda não tenha nem experiência nem perfil para isso.

Faça seu planejamento financeiro, saiba quanto pode poupar por mês e comece pelas opções mais seguras, como consórcio, previdência privada ou até mesmo aplicações de renda fixa ou Tesouro Direto. Com o tempo, você terá conhecimento e disciplina para fazer seu dinheiro render ainda mais!